Pequeno Herói

Largo da Graça, 79, Lisboa T 21 886 1776/8 F 21 886 1778 E pequenoheroi(arroba)clix.pt

quinta-feira, julho 28, 2005

Sugestão para um Agosto Mágico

...um livro cheio de apetite...
...divertido, muito português e com uma Lua bem grande...


...um livro feminino, doce e forte. Com uma ilustração fabulosa...


...para uma viagem de descobertas...


... divertida, colorida, ternurenta e com cheiro a amizade...

Bichos Carpinteiros

Para que não se pense que este blogue só trata de coisas fantasiosas e para que se saiba que, algures atrás do pano, há uma equipa de gente séria que trabalha afincadamente em prol da cultura e em prol das muitas proles que proliferam por esse país fora, abaixo transcrevemos um diálogo, o qual, com toda a certeza, podemos afirmar que aconteceu de facto num país não muito distante do nosso, mas cujo nome, infelizmente, de momento não recordamos.

- Outra vez o Pequeno Herói? Mas ele não pára? – pergunta com incredulidade o coro de receptores da newsletter do Pequeno Herói.
O Pequeno Herói pensa um pouco antes de responder. Caminha de um lado ao outro da sala, massajando a cabeça, como se quisesse ajudar a massa cinzenta a trabalhar. Gostaria de poder dar uma resposta eloquente, com advérbios pomposos e, pelo menos, um adjectivo apropriado, mas não lhe ocorre nada de especial para dizer. Enfim, começa a responder:
- Pois é... Desculpem, mas sim. Sou eu outra vez... E não. Eu não páro... E talvez. Talvez sejam os bichinhos que não me deixam em paz... Mas é que eu não posso deixar de vos lembrar que no próximo sábado há mais uma sessão de Contadores de Histórias na minha livraria. E que vale mesmo, mesmo a pena vir ouvir e ver. É que a história que a Paula Moura vai contar é realmente, verdadeiramente, veridicamente, efectivamente, autenticamente, genuinamente, francamente, propriamente, seguramente, sinceramente, exactamente, certamente, perfeitamente, maravilhosamente, majestaticamente, majestosamente, deveras... FABULOSA!
Uff!... O Pequeno Herói respira fundo para recuperar o fôlego. Pensa: «Ena! Nada mau... Nada mau, mesmo... Aliás, foi muito bom! Consegui usar vários advérbios e um adjectivo. Com esta resposta, tenho a certeza que consegui convencer toda a gente a vir...»
Pois.

Contadores de Histórias

Sábado, 30 de Julho,
às 17 horas,
O Gato e o Diabo,
por Paula Moura.
Entrada Livre.

quarta-feira, julho 20, 2005

Energias Alternativas #1

Chegado ao pico do Verão e com o país dividido entre os banhos de mar e o estado de seca extrema, o Pequeno Herói não poupa energias e continua a aproveitar os bons ventos da colina da Graça para oferecer momentos agradáveis (e úteis) a quem permanece em Lisboa.

Image Hosted by ImageShack.us

Assim, no próximo sábado, dia 23, pelas 17 horas, recebemos Margarida Botelho, autora e ilustradora de Os Lugares de Maria (ed. Paulinas), obra que obteve o Prémio Literatura para a infância Almada 2004.

A Margarida Botelho fará para os mais pequenos uma apresentação teatral da história de Os Lugares de Maria e exporá as ilustrações originais do livro.

Energias Alternativas #2

Para os adultos com gosto pela escrita e pelo teatro, o Pequeno Herói sugere que se deixem perder no labirinto da Escrita Dramática e, uma vez perdidos, encontrem a saída para a criação de um texto teatral.

Image Hosted by ImageShack.us

Para esse efeito, convidámos Filomena Oliveira, dramaturga, encenadora e professora de Teatro na Universidade de Coimbra, a conduzir o Ateliê de Escrita Dramática O Labirinto, a decorrer nos dias 22, 23 e 24 de Julho (sexta a domingo).
O custo da inscrição é de apenas 30 € (para os três dias), devendo a mesma ser efectuada antecipadamente.

O Labirinto (ateliê de escrita dramática)

Conteúdos
- Introdução à escrita dramática.
- Criação de um texto dramático colectivo, a partir de uma história da mitologia clássica – O Labirinto e o Minotauro.
- Leitura dramatizada do texto criado pelos participantes.

Horário
Sexta-feira: 19-21 horas.
Sábado e Domingo: 15-19 horas.

Energias Alternativas #3

Ateliês de Férias para Crianças

Para aproveitamento das energias sempre renováveis das crianças e seguindo o mote teatral deste final de mês, propomos ainda um ateliê para elas, dedicado à Expressão Dramática.

Segunda a Sexta-feira, 25 a 29
(cinco dias, das 14.30 às 17.30 horas)

Teatrinho de Papel
(ateliê de expressão dramática),
para crianças dos 7 aos 10 anos,
por Paula Moura.

Preço por Ateliê: 50,00 €.
Nº mínimo/máximo de inscrições: 5/10.


Este ateliê inclui um intervalo de 30 minutos, no qual será dado um lanche às crianças.

sexta-feira, julho 15, 2005

Pano para mangas

Como seria se os bichos se vestissem como nós? Bem complicado, presume-se. Pelo menos, a avaliar pela capa deste livro.

Image Hosted by ImageShack.us

Pois é. Mas este é só um dos exemplos. Para conhecerem a história toda e todas as dificuldades inerentes à aplicação de um guarda-roupa aos mais variados animais, o melhor é mesmo passarem no Pequeno Herói amanhã, às 17 horas. Venham! A entrada é livre e não é necessária marcação.

Sábado, 16, às 17 horas

Contadores de Histórias

Se os Bichos se Vestissem como Gente,
de Luísa Ducla Soares / Teresa Lima (*)
(ed. Civilização),
por Elsa Serra.

(*) Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2004.

sexta-feira, julho 08, 2005

Uma história que começa no fim

"— Esta história começa pelo fim. Mas não acaba no princípio. Acaba também no fim… embora noutro sítio do fim… — Disse o Escaravelho Contador de Histórias, respirando fundo e prosseguindo, como se estivesse cheio de pressa para contar todas as histórias que sabia (e, pelos vistos, também as que não sabia…), e voltar a ir-se embora. "

Sábado, 9
(17 horas)

Contadores de Histórias

Uma História que Começa no Fim,
de Manuel António Pina / João Botelho
(ed. Assírio & Alvim),
por Elsa Serra.